Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Vais para o ginásio em 2017? Leva esta lista na mente

De todas as resoluções de Ano Novo, a que mais se destaca por esse mundo fora é a ida para um ginásio.

Acho muito bem, a malta precisa de se mexer, o exercício faz bem à saúde e tudo e tudo, mas a verdade é que também é das resoluções que mais se vai protelando ou que termina ainda antes de ter começado. Compreendo, não é fácil combater a preguiça e trocar o sofá pela passadeira. Daí que ache que esta listinha vai ser muito útil a quem tenciona começar o ano 2017 com algum exercício.

 

1. Deixa sempre o saco pronto de véspera

Parece uma banalidade, algo óbvio que jamais te esquecerias, mas não é. É fácil, na correria do dia a dia esqueceres que ainda tens o saco para preparar. É ainda mais fácil aceitares essa desculpa "ah, hoje não vou, não tive tempo de arranjar as coisas". É mais prático deixa-lo pronto de véspera e colocá-lo em sítio visível ou logo na viatura, em caso de preguicite extrema. 

 

2. Estabelece objetivos concretizáveis

Se vais iniciar uma rotina de exercício o mais certo é que te sintas enferrujado nos primeiros dias. Por muita motivação que tenhas, resiste àquela vontade de começar muito depressa e muito de força. Ninguém vai a Roma num dia. Não queiras começar logo a correr 10 km e pegar em barras de 25kg, além de ficares com uma dor de cruzes do caneco, vais ficar desmotivado por não conseguires.

 

3. Esquece o tempo

Não há nada mais desmotivante para um caloiro de ginásio do que tempo. Em qualquer máquina, em qualquer exercício lá está ele, o sacana do relógio que teima em contar contra nós. Quem nunca olhou para o cronometro e pensou: "Cinco minutos?! Como ainda só passaram cinco minutos?! Parece que estou aqui há duas horas!!!!" Tapem o relógio com a toalha, não se foquem em tempos. Pelo menos não nos primeiros dias.

 

4. Foca-te nas coisas boas

Há sempre lados positivos, até num ginásio. Estás a malhar no duro, pensas que acabaste de conhecer o inferno e que já não aguentas mais? Lembra-te do banho, que é sempre algo reconfortante. O número de repetições daquela série deixou-te a morrer? Lembra-te do que conseguias fazer antes, certamente seria menos. Há sempre, sempre, algum lado positivo, só tens que o encontrar e focar-te nele.

 

5. Pede ajuda

Ninguém nasce ensinado. Não é vergonha nenhuma não saberes como funciona determinado aparelho ou como realizar um determinado exercício. É exatamente para isso que estão lá instrutores: para ajudar e orientar durante os treinos.

 

Se chegaram até aqui e continuam motivados a inscreverem-se num ginásio, estão no bom caminho! Agora é só mesmo aplicares as dicas e deixares a preguiça em casa. Força nisso!