Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. Não é nada, é mesmo só parvo.

Sou fit! E agora? #4

Serão os burpees? Os saltos? O trampolim? Os halteres? Qual a pior parte nesta coisa de ser fit? Será a ressaca do dia seguinte? A moleza do próprio dia? 

Não. Nada disso. 

A pior parte nesta coisa de ser praticante de desporto é...

Estão preparados? 

Não sei se aguentam. Sentem lá um bocadinho e respirem fundo. 

Melhores? Cá vai: 

A "obrigação" de ter a depilação sempre em dia. 

E não façam essa cara, alguém tinha que falar sobre isto.

Para começo de conversa: quem foi a gaja que um dia decidiu que era giro andarmos todas sem pêlos, hã? Não devia ter mais nada que fazer, a menina, naquele tempo não havia eurovisão para entreter a malta e vá de sacar a gillete ao marido para rapar as pernas. Contou à vizinha, que achou a ideia genial, mas deu-lhe um toque pessoal e duradouro arrancando o mal pela raiz com uma mistela mal cheirosa, que mais tarde se viria a chamar cera quente. Contou à cunhada que tendo um marido engenhocas, rapidamente lhe inventou uns rolamentos com pinças incorporadas capazes de arrancar o mais bravo dos pêlos. 

E isto são factos científicos, não estou aqui a inventar nada. Só é pena que para as duas últimas opções, ninguém se tenha lembrado de adicionar uma anestesia geral, porque aquilo dói como o caraças.

Mas bom, foquemos no essencial: porque é que isto é chato para quem pratica desporto? Eh pá, porque é mais uma freima. Temos o saco, ora deixa ver se está tudo: toalhas, sapatilhas, roupa interior, t shirt, calções.... Ah, chatice, não tenho a depilação feita, vou ter que levar calças. Mas calças? Com este calor? Lá terá de ser, já é tarde e hoje não há tempo para estéticas. (leia-se: não me apetece. Ah, e atire a primeira pedra quem nunca se viu neste drama) Enfiam-se as leggins no saco, pensando que se calhar até nem era mal pensado levar corsários e cortar a penugem naquele bocadinho de pele que fica à vista, entre o tornozelo e metade da canela. Suspiramos pela idiotice de pensamento e penamos no dia seguinte com um calor desgraçado. 

Mas o problema não se fica por aqui! Não! 

O problema é quando o nosso livra-pêlos mais rápido (leia-se lâmina) se alia a um astigmatismo e uma fraca ou inexistente destreza manual. 

Das duas uma: ou conseguimos um efeito zebrado, de alto gabarito artístico que só as pessoas que não vêem bem conseguem fazer, ou terminamos com um aspecto de quem passou por um túnel de arame farpado, em calções, que é sempre uma cena gira para fazer ao fim de semana.

Não nos bastava a cor de cal que nos calhou em rifa, o sol que teima em não nos estrugir as pernas e os hematomas que não fazemos puto de ideia como aparecem, ainda temos que levar com os sacanas dos pêlos, mais a sua constante erradicação! 

É que não há pachorra!