Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Porque me traíste tanto?

É esta música, d'A Naifa, que me ocorre quando me lembro de ti e do nosso passado conjunto.

Foi um passado bonito, de companheirismo, de confiança que cega e parvamente depositei em ti.

Sempre que precisei do teu consolo, estavas lá, sempre pronto e disponível, prometendo nunca me deixar sozinha, com falinhas mansas de quem sabe vender o que lhe adita. Eu, a idiota, em ti acreditei, deixando-me levar pelas tuas cantigas.

E o que fizeste tu? Cobardemente me abandonaste. Logo quando mais precisava de ti.

Ainda não consegui perceber porque o fizeste, afinal, sempre te fui fiel, nunca te troquei por outro qualquer cujo efeito fosse similar, nem sequer pelo genérico. Sempre ali, fiel à premissa do "amigos para sempre".

Amigo da onça, foi o que me saíste!

Mas fica sabendo, que a vingança é um prato que serve frio.

Muito frio.

Gelado. 

É que sabes, eu encontrei outro. Muito melhor do que tu. Que te suplanta em todos os sentidos. Ou estavas à espera que aguentasse estoicamente até ao fim da tua ausência?

Empurrei-te para bem longe da gaveta onde moravas, para não ter mais que encarar a tua trunfa traidora. Fechei-te num saquinho bonito, verdinho cor da esperança, e entreguei-te na farmácia mais próxima. Sem ressentimentos, mas não te quero mais.

Por isso...

 

Adeus, Aerius.

 

 

 

 

Olá doçura! =)

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.