Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Há coisas que me transcendem #8

Como isto, por exemplo.

Nunca irei comprender o trabalho não remunerado. Se fosse para fazer voluntariado, haveria locais melhores e mais adequados, não?

E a desculpa é qual? A crise de 1945? Demasiados compromissos financeiros? Falta de cheta? Então para quê contratar? Porquê?

5 comentários

  • Imagem de perfil

    A Caracol 07.03.2016 18:37

    Um ou outro atraso, em dias e desde que justificado, ainda consigo compreender. Agora meses? Borlas? Juro que não compreendo. O trabalhador ainda pode ter aquela expectativa do é hoje, isto vai melhorar, caso esteja vinculado à empresa. Mas e os Boss's? Para quê isto? Não haverá mais nada onde cortar na despesa? É preferível, perdoem me os desempregados, despedir.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 08.03.2016 09:37

    A verdade é que alguns continuam a trabalhar na esperança de receberem, acham que se não forem não recebem. Mas andar meses e meses sem receber não é justo.
  • Imagem de perfil

    A Caracol 08.03.2016 10:00

    E ainda há alguns patrões muito manipuladores... Que, alegando que "está mau" fazem - ou tentam fazer - crer que é assim em todo o lado... É complicado.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 08.03.2016 10:12

    Claro que sim, agora com a crise alegam tudo e mais alguma coisa.
    Ontem estava a falar aqui no meu trabalho com dois colegas bem mais velhos que eu, com idade para serem meus pais e eles diziam que nunca mais as coisas seriam como no tempo deles, em que sai-as de um emprego e tinhas logo 2/3 empresas a dar-te trabalho. Os trabalhadores podiam negociar e exista progressão na carreira, agora os patrões querem que os funcionários lhe sejam gratos por eles lhe darem trabalho por mais precário que seja.
    Como se as empresas valessem alguma coisa sem os activos humanos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.