Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Estar grávida é #4

Descobrir novos melhores amigos

 

 

Quase todos com elásticos.

Nunca, mas nunca, me passou pela cabeça que uma grávida tivesse tantos apetrechos. Ele é cintas, ele é meias de descanso, ele cremes para isto e para aquilo, ele é os exames e toda uma catrefada de papeis que devem-sempre-andar-connosco. E ainda não cheguei à fase de preparar as malas para a maternidade. (Fartam-se de me moer o juízo sobre este assunto. Talvez fale dele mais tarde.) ME-DO.

Adiante, dizia eu que tenho novos melhores amigos. Permitam-me que vos apresente dois dos meus parceiros diários:

 

As meias de descanso

 

 

Não são lindas? Begezinhas, cor-da-pele, combinam com tudo, com calças, calções, saias, vestidos, macacões e até leggins! Uma lindeza!
Ironias à parte, uso-as desde o primeiro trimestre e não quero outra coisa. Demoro uma eternidade a calça-las pela manhã, impediram-me de usar sandálias grande parte do verão, mas, meus amigos,  não à dinheiro que pague não chegar ao fim do dia com os pés de um ogre. Mesmo com meia, em dias mais quentes, lá incham um bocadinho, mas nada que se pareça com não usá-las. Pela parte que me toca, só não as levei a trabalhar comigo uma vez, jurei que nunca mais as deixava em casa. Prefiro suportar um bocadinho mais de calor - que na realidade não é assim tanto, é um hábito - do que ficar n vezes mais cansada ao final do dia. Além de que, previnem o aparecimento de varizes, o que é espectacular para quem tem um perímetro abdominal maior que a baleia azul.
Cinta de Gravidez
É tão linda quanto as meias de descanso, mas abençoada seja todos os santos dias. Faz parte da minha indumentária desde os 4 meses e, tal como as meias, nunca a deixo em casa. É daquelas peças que olhamos e ficamos a pensar "Mas que raio vai esta treta fazer?! Ainda por cima é feia que dói..." Posso garanti-vos: cinta é sinónimo de conforto. Quer se passe muito tempo de pé ou sentado (no meu caso, estou sujeita aos dois no local de trabalho), temos sempre a barriga sustentada e equilibrada. Noto diferença, por exemplo, na agilidade, como a cinta "levanta" mais a barriga,torna-se mais fácil caminhar ou agachar, por exemplo. Só é chato na altura de ir à casa de banho, mas já ouvi falar de umas que têm colchetes (tipo body), devem ser bem mais práticas.
Além destes, descobri também os cremes anti-estrias. Aqui, confesso-me mais preguiçosa, embora mantenha o ritual de me besuntar à noite. Descobri a Mustella 9 meses, logo no começo da gravidez e é a que uso desde então. É super fácil de espalhar, não cola e tem um cheirinho delicioso. Além do creme, vou intercalando com o óleo, por ser mais untuoso e, parece-me, ser absorvido mais rapidamente.
E por aí, mais alguém usou destas coisas giras na gravidez? Ou ficaram só mesmo pelos cremes, suas vaidosas?

1 comentário

Comentar post