Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Blogue com informação crucial à sobrevivência.

Cada um trata da sua casa como quer...

...e ninguém tem nada com isso, claro que não. 

Cada um escreve como sabe, como lhe parece bem, como lhe soa melhor e continuamos sem ter voto na matéria. Mas - há sempre um mas e um bedelho intrometido - porquê, PORQUÊ, usar sempre pontos de exclamação? É que uma pessoa chega ao final do texto já cansada com tanta admiração, tanta surpresa, tanta emoção! Dêem descanso ao bicho e ao nosso fôlego, já agora. 

Sou uma péssima vizinha

Tenho desafios por responder, textos inacabados nos rascunhos, e devo um sincero pedido de desculpas à Miss Unicorn

Convidou-me esta vizinha para um chá lá sua casa, hoje, e aqui a caracoleta não compareceu. 

Claro que podia alegar o trabalho, a avaria do pc ou a morte da tartaruga mais nova, mas a verdade é que me esqueci. Deixei ficar mal uma simpática vizinha graças ao meu cérebro rompido. 

Mais uma vez Miss, desculpa. 

Palavra de Caracol

Quem já teve nariz entupido, ponha o dedo no ar.

 

Eia, tantos!

 

E noites mal dormidas porque os putos têm ranho quase até ao cérebro?

 

Xina mén, tanta maltinha!

 

Sosseguem as vossas olheiras e descansem a insónia, Caracol traz-vos a solução para aliviar esse mal: cebola. 

Isso mesmo, leram bem, cebola. Não precisam de a cozer, refogar, assar ou confitar, bastam umas argolinhas, com cerca de meio centímetro cada, numa taça, junto à cabeceira da cama do entupido, durante a noite. 

 

Claro que há efeitos secundários: o sonhar com bacalhau confitado, cebolada com pimentos ou até um assada da mamã. Mas que alivia a ranhola, lá isso alivia. 

 

Ah, e claro, não se esqueçam de abrir a janela de manhã. 

É oficial

Comecei a ir ao ginásio.

IMG_20160721_180718.jpg

Sobrevivi ao primeiro dia. :D

(Como é obvio pus a foto para vocês me dizerem que estou magra e maravilhosa e que não preciso de ginásio para nada. Poden começar. Pode ser depois do jantar, não se apressem).

Bullying nas redes sociais

É com amargura que vos falo deste tema. 

Já não me bastavam as bocas da Cunhada - com essa posso eu bem, mesmo com o peso de um pequeno cachalote - as constantes ameaças à integridade física da Alexandra, agora isto... 

Tornou-se impossível, nestes últimos dias, abrir o facebook e o instagram. Ele é praia, ele é petiscos, ele é bebidas coloridas, ele é mais praia e mais petiscos. 

Um tormento. 

Deviam proibir-se este tipo de partilhas, é um ofensa aos mouros de trabalho. 

E sim, Magda, falo da tua pessoa. Uma vergonha aquilo que tens feito. 

Uma pessoa pede parar e ainda tem mais que dizer. 

Não há direito! 

Olha, fica sabendo: vou para o sindicato! Isto não fica assim! 

Pág. 1/2