Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Desafio - Uma paixão chamada livros #21

Melhor citação (diálogo)

 

São vários os diálogos que habitam o meu coração literário. Mas há uma frase que ficou sempre cá dentro e que digo vezes sem conta.

Não sei se mais alguém leu as aventuras do Bando dos Quatro. Foram livros que fizeram parte da minha adolescência e não me esqueço nunca das sábias palavras do Tio João, sempre que algum dos seus pupilos se impacientava:

- A paciência é uma virtude!

Digo-o muita vez aqui em casa, sobretudo ao miúdo, que não me passa absolumente cartão nenhum. Só para verem como é uma frase que me acompanha, atentem neste diálogo com duas crianças, aproximadamente de 7 anos, na altura das férias de verão:

(Tinha prometido ao meu cunhadito e a uma prima que os levava a uma exposição com animais embalsemadoa que esteve no jardim botânico)

- Mas, ó Caracol, quando é que vamos? - perguntava um.

- Depois do almoço.

- Mas ainda falta taaaaaannnnnttooooo... - resmungava o outro, olhando para o relógio.

- Pois, mas só vamos depois do almoço. Se se entretiverem um bocadinho o tempo passa mais rápido.

- Mas não temos nada para fazer....

- Não? Eu arranjo-vos já.

- Não é que não tenhamos, mas queremos ir...

- Eu compreendo, mas não vamos já. Têm que esperar mais um bocadinho. Até porque a paciência...

- É uma virtude. Nós sabemos.

-

 

Não dou uma para a caixa...

No que a moda diz respeito, mas não resisto a mostrar a camisolinha nova que habita cá em casa.

 

IMG_20160228_165018.jpg

 

 

Ouvi dizer que os cartoons em vestuário estavam na moda, pelo que não resisti a esta fofinha.

Pena não ser cardada, tenho que reservar para uns dias mais amenos.

Ah, e Caracolinho também tem a sua, apenas com o Mickey, para usar em pendant com a sua mamazita. =)

Vê-se logo que é português #7

Já cheira a segunda, não é?

Amanhã é dia de regresso ao trabalho, depois de 17 dias em casa com o miúdo.

E porque acho que tudo corre melhor se acompanharmos com boa música, deixo-vos hoje com Rodrigo Leão e Stuart Staples Tindersticks. Que voz, meu deus! Que voz!

Enrosquem-se numa manta, encostem-se no ombro do vosso amor, fechem os olhos e deixem-se levar. 

 

Desafio - Uma paixão chamada livros #20

Sequela que nunca deveria ter sido escrita

Já a meio de desafio e lançam assim uma pergunta difícil.

Dei voltas à cabeça, fui aos confins da memória, mas a verdade é que não encontrei nada se enquadrasse nesta categoria. Claro que já existiram livros que não gostei, que detestei e que nunca mais quero ver à frente, mas não acho que não devessem ser impressos. Alguém haverá de os ler com gosto, serão os preferidos de alguém e terão lugar de destaque na estante. O que não é bom para mim, será ótimo para outra pessoa. Portanto, não consigo mesmo eleger um título para esta pergunta, lamento.

Ser mãe é... #3

Descobrir novos métodos de arrumação

 

O Mário é um miúdo que gosta de tudo arrumado. Quanto mais direitinhos, aprumados e alinhados estiverem os brinquedos, com mais vontade ele os desarruma, espalha e vira do avesso. Vê-se que aquilo lhe vem lá do fundo da alma, aquele contentamento com guinchinhos de alegria de quem vai dar o seu toque pessoal à coisa.

Arrumar e limpar com Caracolinho por perto é de bradar aos céus.

Eram 8 da matina e decidi limpar a casa. Ok, está chuva, detesto limpar com chuva, mas paciência, já fica arrumado. Olho para o relógio e penso: "Isto até às 11 está aviado! Vamo'bora!"

Está bem abelha!

Limpar o pó com o Mário significa estar com 30 olhos no pano, 60 no limpa móveis e 90 no Mário.

Também significa: gavetas abertas, fraldas espalhadas, avaliação de calçado, e outros que tais.

Deixar o chão livre para aspirar tem como sinónimo: retirar tudo do chão, ir buscar o aspirador, apanhar do tudo chão, ligar o aparelho, apanhar mais coisas do chão, começar a tarefa, apanhar mais coisas do chão e assim sucessivamente, porque o miúdo não tempo de brincar e precisa mesmo daqueles copos que estão em cima do sofá, ou dos legos que estão em cima da mesa.

Canalha!

Limpar o chão não é tarefa particularmente fácil. O balde tem que estar na varanda, por motivos que me parecem óbvios, mas assim que vê a esfregona há qualquer coisa que se aciona dentro daquela cabecinha. Uma espécie de efeito Pavlov, vê a esfregona e todo ele rejubila de contentamento. Há lá coisa mais fixe que mexer numa cena cheia de filamentos molhados? Felizmente, hoje descobri que também acha graça a ser ele a passar o chão. O que também implicou ficar com algumas áreas que nem a esfregona viram e outras que foram limpas com um brio exemplar. Claro que ficou a gritar e espernear sempre que juntava a esfregona ao balde, mas era só até se lembrar do aspirador, a coisa passava quase logo.

Gosto de limpar a cozinha em último lugar e achei que seria a divisão mais fácil, mas não. E porquê? Porque Caracolinho sabe onde estão os tupperwares e a mercearia. É pacífico, não me importo que veja de que aquilo é feito, mas não quando estou a tentar pôr ordem no barraco.

Apanhando-me distraída, infringiu  a regra de "só nessa porta" e descobriu a gaveta das especiarias, que explorou com afinco, espelhando TODO o alho moído pelo chão. Como tinha pão na mão vá de experimentar pão com alho. Não fez má cara, acho que deve ter gostado. Claro que só dei conta uns segundos depois e senti-me como num filme, movida em câmara lenta gritando um "Nããããããããããoooooooo!" e com ele a meter aquilo todo pela boca dentro antes que lhe tirasse tudo.

E limpar o alho? E eliminar o cheiro?

Já passei três vezes o chão da cozinha e ainda sinto o aroma. Talvez vá buscar a lixivia mais logo.

De modos que, são quase 5 da tarde e terminei há pouco as tarefas que teria terminado às 11 se não tivesse o Marocas cá em casa. Mas, sem dúvida, não seria tão divertido.

 

 

TAG - Tu decides

A Vânia, autora do blogue "I'm worse at what I do best", chamou-me para responder a este questionário. Eu,, obediente que sou, cá estou a cumprir as minhas responsabilidades.

 

REGRAS:

- Colocar o selo da TAG 

- Referir quem te nomeou

- Responder a todas as questões

- Nomear pelo menos 2 blogs

 

tag.jpg

 

 

 

Leite com café ou leite com chocolate?

Leite com café. Meia de leite, sempre. E uma torrada, aparada. (Esquecer o peso na consciência de que o leite é do bezerro e que a côdea do pão daria para alimentar uma aldeia africana)

 

Chocolate Preto ou Chocolate Branco?

 Preto. Pretíssimo.

 

Gelado ou 'Coxinha' ?

Depende da Coxinha. Se for daquelas bouas, muito bouas, ainda penso duas vezes. Se não, gelado.

 

Colorido ou Preto e Branco?

 Colorido. Que depois certamente não saberei conjugar com porra nenhuma do meu armário, mas não interessa.

 

Séries ou Filmes?

 Um bocadinho de cada.

 

Facebook ou Instagram?

  Facebook. O Insta está contraindicado à minha dieta.

 

Cão ou Gato?

Cão.

 

Comer uma barata ou comer uma aranha?

Uma barata. Com molho de francesinha. (Nestas coisas temos que ser pelos mais fortes e a aranha é a amiga.)

 

Cozinhar ou Lavar a louça?

Cozinhar e delegar tarefas para o resto.

 

Academia ou taça de gelado?

 Gelado. Primeiro o prazer, depois o sacrificio.

 

Mar ou Rio?

Hmmm, não consigo escolher, gosto muito dos dois.

 

Ter chulé ou Ficar sem telemóvel?

 Chulézinho. Até porque não costumo descalçar-me em sítios públicos, portanto, ninguém iria saber. 

 

Ataque de zumbis ou de baratas gigantes?

Zombies. Vejo o Walking Dead, sou pró nessa cena.

 

Ficar sem espelho ou sem perfume?

 Se eu ficar sem perfume, como escondo o chulé?!  Espelho, obviamente.

 

Ficar sem escovar os dentes por 1 dia ou ficar sem tomar banho por 1 dia?

Se eu tomar banho como vou cheirar a chulé? Nah, não escovar os dentes. Como mais morangos que aquele fulano da sobrevivência diz que ajudam a eliminar a placa bacteriana.

 

Sentir Ciúme ou sentir Saudade?

 Saudades. O ciúme o está a um passo da obcessão e isso não é nada fixe.

 

Comer cebola crua ou alho cru?

 Cebola, com azeite, sal, pimenta e vinagre.

 

Ficar sem comer por 1 dia ou ficar sem beber água por 1 dia?

 Sem água. Não me tirem a paparoca, por favor.

 

Colocar um piercing na língua ou Fazer uma Tatuagem?

 Nenhum dos dois, mas acho que o piercing. Acaba por ser mais fácil retirar quando me passar o toledo.

 

Cair em público ou peidar alto em público? 

 Cair. E já me aconteceu tanta vez....

 

Acabar com o Youtube o acabar com o Watsapp?

  Ah... O que é o Watsapp? Não sei, mas é acabar com o bicho que a malta cá em casa depende o Youtube para o puto comer a sopa.

 

Obrigada Vânia, foi muito divertido! :D

Nomeio as seguintes vizinhas para isto:

- Próxima Paragem

- -B

- Chá das Duas com limão e Mel

Julgo que não repeti ninguém, mas peço desculpa de isso acontecer.

Divirtam-se!!

 

Desafio - Uma paixão chamada livros #19

Coleção/saga favorita

 

Só li uma saga até agora. Já li livros que têm mais que um volume, mas nunca mais que dois.

Saga, digna desse nome, só li - já lhe perdi a conta às vezes - esta:

saga-crepusculo.jpg

Que dizer? Podemos ter 20, 30, 40 anos, que lê esta saga torna-se uma adolescente outra vez. A verdade é que Meyer conseguiu uma personagem onde cabem todas as mulheres, todos os dramas femininos, todas as virtudes, os imensos defeitos. Tudo. É por isso que é tão fácil gostar da Bella, tem um bocadinho de cada: da timida, da insegura, da poderosa, da assertiva. Depois temos o resto: os vampiritos e os lobisomens e todo um mundo fantástico para descobrir.

Ainda hoje não percebo como raio foi a miúda escolher o vampiro sem sal. O Jacob tem tudo, além dos abdiminais em tanquinho, tem mais sentido de humor, é amigo, compreensivo, não faz demasiadas perguntas, não é intrometido e ainda tem um bocadinho de rufia, que lhe dá imensa graça.

Mas pronta, a miúda é da equipa  vampiresca, nada a fazer.

 

Pág. 1/6