Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Blogue com informação crucial à sobrevivência.

Vê-se logo que é português #2

 

A capacidade de (en)cantar temas do dia-a-dia tornando-os deliciosamente audiveis, é um feito do caraças!

Adoro este "Barbara e Ken" dos tugas Virgem Suta! Acho que toda a gente que tem filhos, ou pensa vir a ter, devia escutar, porque isto é mesmo assim (dizem, que o meu inquilino ainda habita pacificamente o seu T1 e não chateia quase nada).

Escutem lá, se faz favor.

 

 

Vamos dar uma voltinha?

Eu sei que o verão tem sido um lodo, mas o melhor ainda está para vir!

Ou pelo menos, assim o espero já que as esperadas férias chegam em outubro...

De férias ou não, com ou sem calor infernal, estes oculitos da Fendi bem que podiam fazer-me companhia.

São estranhos, que são, não combinam com quase nada (e o qu'é que isso importa?), mas são giros que se fartam.

Adoro as cores, os materiais e a diferença do modelo.

Detesto o preço.

Enfim, não se pode ter tudo, não é verdade?

 

 

 

 

 

 

P.V.P. 329,00€

Há coisas que me transcendem #5

Banhos Públicos

 

Vamos a saber, que raio de moda é esta de banho público?! Não é que tenha alguma coisa contra a higiene, que sou uma pessoa limpinha, mas quer-se dizer, lá no recato do lar, onde posso desafinar cantar à vontade e gritar com o homem porque deixou não deixou, outra vez, uma toalha no sítio.

Além disso, aquilo que se tornou viral (como é qu'isto pegou e alguém o faz, é coisa que transcende qualquer um) não é, efectivamente um banho público. Aquilo é uma encharcadela pública!

E depois, pelos vistos, ainda há quem tente ser original: podiam só levar com água,  mas não também já há quem o faça com o espumante! Com espumante,  imagine-se! A espumar fiquei eu! Que desperdício...

No entanto, e porque sou uma pessoa altamente imaginativa e estou aqui para vos ajudar, deixo aqui uma sugestão: sabem aqueles dias em que chove a potes, estamos gelados até aos ossos, o nosso guarda-chuva sucumbe ao vento e passa um carro MESMO na poça da berma e ficamos uns pintos molhados? Que tal ser o vosso próximo desafio, hmm? Vá lá, até era giro! Depois, ao invés de pedirem jantares, podiam contribuir para a insdústria farmacêutica, adquirindo paletes de paracetamol e outros que tais. Com um jeitinho, ainda ficavam uns dias em casa! Quem tem boas ideias, quem é? Não têm que agradecer! Estou cá para ver as vossas parvoeiras, tal como alguém lê as minhas. Temos que ser uns para os outros.

 

Nota: Os banhos publicos que refiro nada têm a ver com o Ice Bucket Challenge, que têm uma causa mais digna e não se limitam jantares à pala. Ainda assim, continuo a acha-los, no mínimo estranhos, mas se fazer parvoice ajuda, 'bora lá ser parvo!